Dia do esportista

Hoje fui avisado que dia 19 (ontem) é o dia do esportista, como todo calendário que se preze, os esportistas precisavam estar junto. Imagino que a data foi criada para que mais gente se movimente, mais saúde para os praticantes. A lógica deve ser esta.

Mas, o que vem a ser esportista? A pessoa que pratica um esporte para competição? O indivíduo que se exercita regularmente? Um cidadão competitivo? Há divergências, mas podemos classificar um esportista à pessoa que se empenha em realizar um esporte (ou uma atividade física?) respeitando as regras do esporte e se beneficiando do mesmo.

Se assim for temos poucos esportistas pela cidade, a maioria são “atletas de final de semana”

“O Dia do Esportista, originalmente, foi criado a partir da Lei nº 8.672, de 6 de Julho de 1993, conhecida como “Lei Zico”. No artigo 54 constava que o dia 19 de fevereiro seria destinado como Dia do Esportista.

Lei nº 9.615, de 24 de março de 1998, conhecida popularmente por “Lei Pelé” ou “Lei do passe livre”, revogou a Lei Zico, estabelecendo o dia 23 de junho como o Dia do Desporto, mesma data do Dia Mundial do Desporto Olímpico. No entanto, a população mantém a antiga data ainda hoje como o dia para comemorar a pratica do esportismo no Brasil.”

Repassando

I CONGRESO INTERNACIONAL SOBRE PRESCRIPCIÓN Y PROGRAMACIÓN DE DEPORTE Y DE EJERCICIO EN LA ENFERMEDAD CRÓNICA
Organizado por Cátedra Internacional de Medicina del Deporte de la Universidad Católica San Antonio de Murcia y por la Sociedad Española de Medicina del Deporte
8 y 9 de marzo de 2018
Universidad Católica San Antonio de Murcia (UCAM)

IMPORTANTE: AMPLIADO EL PLAZO DE ENVÍO DE COMUNICACIONES CIENTÍFICAS HASTA EL DÍA 20 DE FEBRERO DE 2018

Consultar la actualización del programa en el siguiente enlace: http://femede.es/

Toda la información: https://eventos.ucam.edu/event_detail/14741/programme/i-congreso-internacional-sobre-prescripcion-y-programacion-de-deporte-y-de-ejercicio-en-la-enfermed.html.
http://www.femede.es/page.php?/interno/OtrasActividades.

ENVÍO DE COMUNICACIONES CIENTÍFICAS: https://eventos.ucam.edu/event_detail/14741/programme/i-congreso-internacional-sobre-prescripcion-y-programacion-de-deporte-y-de-ejercicio-en-la-enfermed.html.
http://www.femede.es/page.php?/interno/OtrasActividades.

Gabinete de Presidencia de la Sociedad Española de Medicina del Deporte

Neurociência estuda a felicidade

Matéria da BBC Brasil; estudo de um pesquisador e professor Moran Cerf, da Universidade de Northwestern, nos EUA. O que Cerf estuda?  Investiga como as pessoas tomam decisões, não só do ponto de vista comportamental, mas também utilizando eletroencefalogramas que mostram as zonas de cérebro que se iluminam quando as pessoas reagem a diferentes estímulos;

Resumindo a matéria; quando as pessoas passam tempo juntas, suas ondas cerebrais começam a se parecer e, em alguns casos, podem chegar a ser idênticas. “As pessoas mais próximas a você têm um impacto na maneira como você se relaciona com a realidade maior do que se pode perceber ou explicar. E uma da consequências disso é se tornar parecido com essas pessoas”

Por isso, já que o tema da postagem é felicidade, temos que nos cercar de gente que nos empurre para “cima” , aquilo que comentamos de “energia boa”. Caso contrário, estamos fadado ao desânimo.

As cinzas e a reflexão

Quarta-feira de cinzas acaba sendo mais um dia como qualquer outro ou, o dia que o país começa a funcionar. Outros preferem “as cinzas” para recuperar as energias. Que pena! É o primeiro dia da Quaresma e as cinzas que os Cristãos Católicos recebem nada mais é do que um símbolo para a reflexão, da possiblidade da mudança de vida, recordando a passageira, transitória, efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte.

Pois é, quem sabe possamos usar este dia para refletir sobre a nossa existência e as nossas ações.