Inaugurado museu de arte para cegos

Único na Alemanha: no museu Berlinische Galerie, as pessoas cegas podem tatear obras de arte.

Berlim (dpa) – Uma bailarina com um vestido negro de gala. Graciosamente, ela inclina a cabeça para trás, suspende um pouco sua saia bem rodada e deixa aparecer um pé. Em Berlim, também as pessoas cegas podem agora “ver” essa obra-prima da primeira fase de Eugen Spiro (1874-1972). No museu estadual Berlinische Galerie, o quadro a óleo foi transportado para um alto relevo que pode ser tateado. Embutido num banco diante da pintura original, os visitantes podem examinar o quadro com as mãos.
“Trata-se de movimento, vitalidade e natureza, e isso também deve ser tateado”, afirma Reiner Delgado, assistente social da Federação Alemã de Cegos e Deficientes Visuais. “O quadro para ser apalpado fala comigo, como a pintura fala com quem vê”.

 

feeduploaded-3e79eb0b38c320cb7897a871cdcf70d9
Num projeto de dois anos e meio de duração, a Federação criou em conjunto com o museu a exposição permanente “Arte em Berlim 1880-1980”, sem barreiras para os deficientes. “Queríamos tornar a peça central da nossa coleção acessível também para os cegos e deficientes visuais”, afirma o diretor do museu, Thomas Köhler. “Isso é algo muito especial e muito novo, que não existia na Alemanha até agora”.
Sete quadros da exposição podem entretanto ser examinados como alto relevo a ser tateado. Além disso, há um aplicativo de áudio, que descreve dezessete obras de arte com exatidão, reproduzindo-as no olho interno do visitante. “Essa é uma grande chance também para as pessoas que veem, pois elas descobrem coisas, que talvez não lhes tivessem chamado a atenção”, afirma a assessora responsável pelo projeto, Diana Brinkmeyer.
A volta pelo museu é orientada através de um sistema tátil no chão. Sempre que a linha reta é interrompida por botões redondos de plástico, é sinal de que se chegou a um importante ponto de parada. Através de um sensor no teto, o trecho correspondente do aplicativo é acionado com esclarecimentos e indicações, a fim de que os cegos encontrem seu caminho também sem acompanhantes

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de